12/07/2003 - Campeonato Brasileiro 2003 - 1º turno - Fortaleza 3 x 0 Internacional

CAMPEONATO BRASILEIRO 2003 - 1º TURNO - FORTALEZA 3 X 0 INTERNACIONAL 
Data: 12/07/2003 
Local: Castelão - Fortaleza (CE) 
Público: 10.292 
Renda: R$ 84.365,00 
Juiz: Sílvia Regina de Oliveira, auxiliada por Ana Paula Oliveira e Aline Lambert. 
Cartões: Erandir (F); Wilson (I). 
Expulsão: Márcio Giovanini (F). 
Gols: Finazzi 7’/1 (F); Finazzi 11’/2 (F); Alyson 31’/2 (F). 
FORTALEZA: Jéfferson; Erandir, Erivélton, Márcio e Chiquinho (Sérgio); Dude, Wendell (Dino), Marcos Paulo e Alyson (Fabiano); Finazzi e Vinícius. Técnico: Luiz Carlos Cruz. 
INTERNACIONAL: Clemer; Fernando Cardozo, Wilson e Sangaletti; Gavilán (Pedrinho), Geninho (Luciano Valente), Claiton, Cleiton Xavier (Élder Granja) e Edu Silva; Diego e Jéfferson Feijão. Técnico: Muricy Ramalho.

Canal: Hilhotta - Futebol Antigo

25/04/2001 - Copa do Brasil 2001 - 2ª fase - Volta - Internacional 0 x 0 Fortaleza

COPA DO BRASIL 2001 - 2ª FASE - VOLTA - INTERNACIONAL 0 X 0 FORTALEZA
Data: 25/04/2001
Local: Beira-Rio - Porto Alegre (RS)
Público: 5.763
Renda: R$ 26.313,00
Juiz: Wagner Tardelli Azevedo, auxiliado por Élson Passos Sena e Eurivaldo F. e Lima.
Cartões: Fernando Cardozo, Fábio Pinto, Gil Baiano (I); Erandir, Ronaldo Angelim, Daniel Frasson, Marco Aurélio e Júlio Amorim (F).
INTERNACIONAL: Hiran; Fernando Cardozo, Duílio e Ronaldo; Denílson (Marco Aurélio), Fábio Rochemback, Marcelo Rosa, Tim (Gil Baiano) e Lê (Leandro Tavares); Fábio Pinto e Luiz Cláudio. Técnico: Cláudio Duarte.
FORTALEZA: Maizena; Erandir, Ronaldo Angelim, Mário César e Chiquinho (Aldemir); Pires, Dude, Daniel Frasson e Reginaldo; Júnior Amorim (Tico) e Clodoaldo (Mazinho Loyola). Técnico: Ferdinando Teixeira.

18/04/2001 - Copa do Brasil 2001 - 2ª fase - Ida - Fortaleza 1 x 0 Internacional

COPA DO BRASIL 2001 - 2ª FASE - IDA - FORTALEZA 1 X 0 INTERNACIONAL
Data: 18/04/2001
Local: Presidente Vargas - Fortaleza (RS)
Juiz: Antônio Pereira da Silva, auxiliado por Vanderlei M. da Silva e Junio O. Costa.
Cartões: Aldemir, Clodoaldo, Mário César (F); Fernando Cardozo, Leandro Guerreiro e Marco Aurélio (I).
Gol: Júnior Amorim, pênalti 11’/2 (F).
FORTALEZA: Maizena; Reginaldo, Mário César (Aldemir), Ronaldo Angelim e Adriano; Erandir, Pires, Daniel Frasson e Claudinho (Dude); Clodoaldo e Júnior Amorim (Mazinho Loyola). Técnico: Ferdinando Teixeira.
INTERNACIONAL: Hiran; Duílio, Fernando Cardozo e Ronaldo; Denílson, Leandro Guerreiro, Marcelo Rosa, Tim (Gil Baiano) e Leandro Tavares (Marco Aurélio); Fábio Pinto (Juca) e Lê. Técnico: Cláudio Duarte.

Canal: Futebolês

Carlão

Card elaborado por Sandro Gomes e Wander de Souza,
com foto ilustrativa restaurada por Gustavo Leal,
disponível na página Cards do Internacional.

CARLÃO
(zagueiro)

Nome completo: Carlos Emanuel de Souza
Data de nascimento: 05/07/1951
Local: Vitória (ES)

Carreira:
1974 Atlético-AC
1975-1977 Esportivo
1977-1978 Internacional
1978-1979 Esportivo
1979 Juventude
1980-1989 São Paulo-RG

Carlão foi um zagueiro firme, decidido e bom nas bolas aéreas. Começou sua carreira no Vitória do Espírito Santo. Após uma rápida passagem pelo Fluminense, atuou no Atlético do Acre em 1974.
Carlão veio para o Rio Grande do Sul em 1975, contratado pelo Esportivo de Bento Gonçalves. Entre 1977 e 1978 defendeu o Internacional. Sua estreia foi em 13/11/1977, Inter 1 x 0 Caxias, foi titular de todos os jogos restantes da temporada. Com o Internacional, foi Campeão do Torneio Viña del Mar, em 1978. Saiu em 1978 para defender novamente o Esportivo.
Após uma rápida passagem pelo Juventude de Caxias do Sul, chegou ao São Paulo de Rio Grande, em 1979, onde disputou o Campeonato Brasileiro e foi campeão da Copa Bento Gonçalves, em 1985, competição com 16 equipes do estado, com a participação da dupla Gre-Nal. Parou de jogar no São Paulo, em 1989.
Como técnico, treinou o próprio São Paulo, e seus rivais Rio Grande e Rio-Grandense. Morava na praia do Cassino, em Rio Grande, onde possuía um brique. Carlão faleceu em 19/06/2010, aos 58 anos, vítima de uma parada cardiorrespiratória, sofrida durante uma partida de futebol em Rio Grande, com a camisa do Cassino Futebol Clube, equipe que presidia.

Texto da página Cards do Internacional, de Sandro Gomes.

ESTATÍSTICAS DE CARLÃO PELO INTERNACIONAL
Estreia
13/11/1977Campeonato Brasileiro 1977 - 1º turnoInternacional 1 x 0 Caxias

Último jogo
25/02/1978Torneio Cidade de Goiânia 1978Goiás 2 x 1 Internacional

Jogos pelo Internacional
CompetiçãoJVEDGols
Campeonato Brasileiro 197784220
Torneio Viña del Mar 197822000
Torneio Cidade de Goiânia 197831020
Total137240

13/11/1977 - Campeonato Brasileiro 1977 - 1ª fase - Internacional 1 x 0 Caxias

CAMPEONATO BRASILEIRO 1977 - 1ª FASE - INTERNACIONAL 1 X 0 CAXIAS
Data: 13/11/1977
Local: Beira-Rio - Porto Alegre (RS)
Público: 15.718 pagantes.
Renda: Cr$ 360.362,00
Juiz: José Cavalheiro de Morais, auxiliado por José Carlos von Mengden e Nazarino Pinzon.
Cartão: Luiz Freire (C); Falcão (I).
Gol: Vasconcelos, pênalti 40’/1 (I).
INTERNACIONAL: Benítez; Batista, Beliato, Carlão e Beretta; Vasconcelos, Falcão e Jair (Cláudio Duarte); Valdomiro, Escurinho e Edu (Santos). Técnico: Gainete.
CAXIAS: Bagatini; Reginaldo, Valnil, Luiz Felipe Scolari e Jorge Tabajara; Clóvis, Luiz Freire e Paulo César; João Carlos, Bebeto e Jurandir. Técnico: Chiquinho.

Em lance polêmico, Benítez esbarra em João Carlos.
Os caxienses reclamaram o pênalti não dado por Oscar Scolfaro.
Fonte: Pioneiro
O ponta João Carlos não consegue triunfar sobre a defesa colorada.
Fonte: Pioneiro

14/06/1992 - Taça RBS - 1º jogo - Grêmio 2 x 0 Internacional

TAÇA RBS 1992 - 1º JOGO - GRÊMIO 2 X 0 INTERNACIONAL
Data: 14/06/1992
Local: Olímpico - Porto Alegre (RS)
Público: 12.810 pagantes.
Renda: Cr$ 58.220.000,00
Juiz: Olinto Preussler, auxiliado por José Carlos Oliveira e Valdir Cardia.
Cartões: Grotto, Wagner Fernandes, Lira, Jandir e Luciano Dias (G).
Expulsões: Célio Silva e Élson (I).
Gols: Jandir 23′/1 (G); Lira 32′/2 (G).
GRÊMIO: Émerson Ferreti; Grotto (Carlos Miguel), Wagner Fernandes, Luciano Dias e Lira; Jandir, Caçapa e Juninho; Alcindo, Marcos Severo (Carlinhos) e Caio. Técnico: Ernesto Guedes.
INTERNACIONAL: Gato Fernández; Célio Lino, Célio Silva, Pinga e Daniel Franco; Élson, Éverton Luís (Simão) e Marquinhos; Caíco, Gérson e Zinho (Sandro Becker). Técnico: Antônio Lopes.

Éverton Luís

Card elaborado por Sandro Gomes e Wander de Souza,
com foto ilustrativa restaurada por Gustavo Leal,
disponível na página Cards do Internacional.

ÉVERTON LUÍS
(meia)

Nome completo: Éverton Luís Fabro
Data de nascimento: 01/08/1972
Local: Machadinho (RS)

Carreira:
1992-1994 Internacional
1995 Londrina
1995-1996 Mogi Mirim
1996 Ypiranga-RS
1997 Mogi Mirim
1997-1998 Bahia
1999 Caxias
1999 Juventude
2001 Caxias

Éverton Luiz foi um meio-campista de intensa movimentação e habilidoso trato na bola. Começou nas categorias de base do Igrejinha-RS, de onde saiu para o Inter em 1992. Com o Inter foi campeão gaúcho em 1992 e 1994. Também era integrante do grupo campeão da Copa do Brasil 1992. Campeão do Torneio 25 Anos do Beira Rio, superando a Seleção da Nigéria e o Peñarol. Jogou os 90 minutos do Gre-Nal 324, quando o Inter goleou o Grêmio em pleno Estádio Olímpico por 4 a 1, em 17/12/1994.
Em 1995 foi contratado pelo Londrina. Em 1996 retornou ao futebol gaúcho contratado pelo Ypiranga de Erechim, onde formou boa parceria com Sandro Sotilli. Em 1997 foi para o futebol baiano, contratado pelo Bahia. Também atuou por Atlético Goianiense e Mogi Mirim-SP. Em 1999 retornou ao futebol gaúcho, contratado pelo Caxias. No mesmo ano foi para o arquirrival Juventude. Retornou ao Caxias, onde encerrou a carreira em 2001.
Em entrevista recente, Éverton Luís disse que considera Ênio Andrade e Tite, como os melhores técnicos que teve a orientá-lo. Destaca também os volantes Élson e Simão, ex-jogadores do Internacional, como grandes meio-campistas com quem atuou. Éverton Luís reside no município de Igrejinha-RS, onde recentemente foi dirigente e técnico do time do Esporte Clube Igrejinha.

Texto da página Cards do Internacional, de Sandro Gomes.

ESTATÍSTICAS DE ÉVERTON LUÍS PELO INTERNACIONAL
Estreia
14/06/1992 Taça RBS 1992 Grêmio 2 x 0 Internacional

Último jogo
17/12/1994 Campeonato Gaúcho 1994 - 2º turno Grêmio 1 x 4 Internacional

Jogos pelo Internacional
Competição J V E D Gols
Amistoso 4 3 1 0 3
Taça RBS 1992 3 0 2 1 0
Campeonato Gaúcho 1992 7 4 2 1 0
Campeonato Gaúcho 1993 4 4 0 0 2
Campeonato Brasileiro 1993 6 2 2 2 0
Torneio 25 Anos do Beira-Rio 1 1 0 0 0
Campeonato Gaúcho 1994 12 9 2 1 1
Copa do Brasil 1994 2 1 0 1 0
Campeonato Brasileiro 1994 5 2 2 1 0
Total 44 26 11 7 6

Paulo Henrique

Card elaborado por Sandro Gomes e Wander de Souza,
disponível na página Cards do Internacional.

PAULO HENRIQUE
(atacante)

Nome completo: Paulo Henrique Miranda
Data de nascimento: 21/02/1972
Local: Cruz Alta (RS)

Carreira:
1990-1992 Internacional
1992 Lajeadense
1993 Taquariense
1994 Estudiantes Tecos-MEX
1995 Internacional
1996 Brasil-FA
1996 Criciúma
1997 Grêmio
1997 Sport
1998 Atlético-PR
1999 JEF United-JAP
1999 Vegalta Sendai
1999 Guarani
2000 Anápolis
2000 Sampaio Corrêa
2001 Olaria
2002 Caxias
2003 Defensor-URU
2004 Atlético Hulia-COL
2005 Brujas-CRC
2006 Eastern-HKG
2007 Fourway Rangers-HKG
2007 Veranópolis
2008-2010 Dreams Metro Gallery-HKG
2011 Inter-SM

ESTATÍSTICAS DE PAULO HENRIQUE PELO INTERNACIONAL
Estreia
26/09/1990 Amistoso Taquariense 1 x 8 Internacional

Último jogo
29/11/1995Campeonato Brasileiro 1995 - 2º turnoInternacional 2 x 0 Cruzeiro

Jogos pelo Internacional
Competição J V E D G
Amistoso 5 4 1 0 0
Campeonato Gaúcho 1995 23 11 6 6 3
Copa do Brasil 1995 3 2 0 1 0
Campeonato Brasileiro 1995 2 1 0 1 0
Total 28 14 6 8 3

26/09/1990 - Amistoso - Taquariense 1 x 8 Internacional

AMISTOSO - TAQUARIENSE 1 X 8 INTERNACIONAL
Data: 26/09/1990
Local: Marques da Cunha - Taquari (RS)
Juiz: Antônio Howes, auxiliado por Vicente Porto Dias e Luiz Pivato.
Cartões: Édio (T); Eliseu (I).
Gols: Nílson Aragão 4’/1 (I); Cupim 22’/1 (T); Nílson Aragão 32’/1 (I); Nílson Aragão 11’/2 (I); Nílson Aragão 17’/2 (I); Nílson Aragão 28’/2 (I); Nílson Aragão 32’/2 (I); Nílson Aragão 43’/2 (I); Nílson Aragão 45’/2 (I).
TAQUARIENSE: Dílson; Betinho, Betão (Bugre), Paulo Roberto e Édio (Nena); Alemão, Quidãozinho (Mandala) e Ninho; Sandro Cabeludo (Carlinhos), Cupim e Júlio (Juarez). Técnico: Danilo Rosa.
INTERNACIONAL: Ademir Maria (César Silva); Célio Lino, Cassus, Zabala e Daniel Franco; Júlio Duarte (Hílton Gerônimo), Marcelo Prates (Paulo Henrique) e Eliseu (Fraga); Alex Rossi (Moreno), Nílson Aragão e Pedro Paulo. Técnico: Orlando Bianchini.

Colaboração de João Lopes, do Súmulas Tchê.

Temporada 1909

O ano de 1909 abriu o caminho da trajetória do Sport Club Internacional no decorrer da história do jovem futebol brasileiro. Quando aqueles jovens garotos decidiram fundar uma nova agremiação, talvez jamais imaginassem o tamanho de sua contribuição para a progressão da sociedade porto-alegrense e do desporto mundial quase 100 anos depois. Nascia o clube do povo, que abraçou os desprivilegiados, os estudantes, os comerciantes, as moças, e aqueles que acreditavam que o pavilhão vermelho e branco faria a história que acabou fazendo.
Em sua primeira temporada, alguns castigos. Os jovens pioneiros pagariam pela sua audácia ao fazer frente com equipes consolidadas no cenário esportivo da capital, porém, sem desacreditar que, acima de tudo, a bandeira do esporte bretão deveria ser levada em primeiro lugar, para que se pudesse evoluir e abrir caminho para outras agremiações além da elite da nossa sociedade. Começou assim a história do glorioso Sport Club Internacional.

PARTIDAS DISPUTADAS NA TEMPORADA 1909
Data
Competição
Resultado
18/07/1909
Amistoso
Grêmio 10 x 0 Internacional
07/09/1909
Amistoso
Militar 0 x 0 Internacional
10/10/1909
Amistoso
Militar 1 x 2 Internacional
15/11/1909
Amistoso
Militar 1 x 0 Internacional

JOGADORES COLORADOS NA TEMPORADA 1909
Jogador Posição Nome completo Jogos Gols Cartões Expulsões
Agostinho Meia Agostinho Silva 2 0 - -
Ballvé Goleiro Miguel Ballvé 3 -3 - -
Benjamin Vignoles Atacante Benjamin Constant Idiart Vignoles 4 1 - -
Carlos Kluwe Meia Carlos Antônio Malater Kluwe 3 0 - -
Cezar Atacante Jouvenalino Cezar 1 0 - -
Dornelles Meia Argemiro Dornelles 1 0 - -
Ernani Atacante Ernani B. de Oliveira 1 0 - -
Horácio Carvalho Atacante Horácio de Souza Carvalho 4 0 - -
Joaquim Carvalho Atacante Joaquim de Souza Carvalho 4 0 - -
José Poppe Defensor, Atacante José Eduardo Poppe Leão 3 0 - -
Luiz Poppe Goleiro, Atacante Luiz Madeira Poppe 4 -10 - -
Mendonça Atacante Edelberto Mendonça 4 0 - -
Pires Meia Vicente Pires 3 0 - -
Portella Defensor Luiz Gabriel Portella 3 0 - -
Simoni Defensor   1 0 - -
Wetternick Meia Alfredo Wetternick 3 0 - -

ARTILHEIROS NA TEMPORADA 1909
JogadorGols
Benjamin Vignoles
2

Fontes: Jornal a Federação, Correio do Povo, fóruns, comunidades e grupos dedicados à pesquisa da história do Sport Club Internacional, pesquisas feitas por José Luiz Tavares Maciel e Alessandro Moraes (in memorian).

18/07/1909 - Amistoso - Grêmio 10 x 0 Internacional

AMISTOSO - GRÊMIO 10 X 0 INTERNACIONAL
Data: 18/07/1909
Local: Baixada - Porto Alegre (RS)
Juiz: Waldemar Bromberg, auxiliado por João de Castro e Silva e Henrique Sommer; Theobaldo Foernges e Theodoro Bugs foram os fiscais de gol.
Gols: Booth [5], Grünewald [4] e Carlos Moreira (G).
GRÊMIO: Kallfelz; Deppermann e Becker; Carls, Black e Carlos Mostardeiro; Brochado, Grünewald, Carlos Moreira, Booth e Schroeder.
INTERNACIONAL: Luiz Poppe; Portella e Simoni; Benjamin Vignoles, Pires e Wetternick; José Poppe, Horácio Carvalho, Cezar, Mendonça e Joaquim Carvalho.
Obs.: houve uma supremacia do Grêmio e uma total falta de experiência do Inter. O Grêmio, possuindo jogadores famosos, alguns vindos da Europa, como Black e Booth, não teve dificuldade. Já o Inter tinha jogadores muito jovens. Foi uma temeridade o desafio feito pelo Internacional ao veterano Grêmio. Valeu como uma lição e também como um incentivo para um melhor preparo. Na época, a diretoria do Grêmio, reconhecendo a sua supremacia, propunha que a partida fosse realizada entre o 2º quadro do Grêmio e o 1º colorado, a proposta que não foi aceita. Aqueles jovens iniciados preferiam perder, mas iniciar a sua trajetória jogando com os melhores. Era o início de uma caminhada e a terrível derrota deveria se transformar em incentivos para futuros vitórias. E assim foi feito. Booth foi o primeiro jogador a tocar na bola na história ds Grenais, e também foi o primeiro a marcar um gol. Partida com dois tempos de 40 minutos e as goleiras não possuíam redes. Não havia técnicos, times eram comandados pelos seus capitães.

30/11/1952 - Citadino 1952 - 2º turno - Internacional 1 x 1 Renner

CITADINO 1952 - 2º TURNO - INTERNACIONAL 1 X 1 RENNER
Data: 30/11/1952
Local: Eucaliptos - Porto Alegre (RS)
Renda: Cr$ 78.080,00
Juiz: Oswaldo Rolla, auxiliado por Alfredo Belo e Guilherme Sroka.
Gols: Breno 4’/1 (R); Canhotinho 17’/1 (I).
INTERNACIONAL: Milton; Florindo e Oreco; Paulinho de Almeida, Salvador e Odorico; Luizinho, Jerônimo, Bodinho, Mujica e Canhotinho. Técnico: Teté.
RENNER: Valdir de Moraes; Ênio e Ivo Medeiros; Edgar, Ivo Andrade e Olávio; Sabiá, Breno, Juarez, Ênio Andrade e Joeci.Técnico: Gonçalino Carvalho.

Em pé: Oreco, Milton, Florindo, Paulinho de Almeida, Odorico e Salvador.
Agachados: Luizinho, Jerônimo, Bodinho, Mujica e Canhotinho.
Fonte: 1909 em cores

25/01/1953 - Campeonato Gaúcho 1952 - Quadrangular final - Floriano 1 x 2 Internacional

CAMPEONATO GAÚCHO 1952 - QUADRANGULAR FINAL - FLORIANO 1 X 2 INTERNACIONAL
Data: 25/01/1953
Local: Taquarais - Novo Hamburgo (RS)
Juiz: Oswaldo Rolla
Gols: Pitt (F); Salvador e Solis (I).
FLORIANO: Paulinho; Heitor e Zulfe; Mirão, Hélio e Crespo; Soligo, Brotinho, Martins, Pitt e Raul Klein. Técnico: Carlos Froner.
INTERNACIONAL: Milton; Florindo e Lindoberto; Salvador, Oreco e Odorico; Luizinho, Jerônimo, Bodinho, Mujica e Solis. Técnico: Teté.

Em pé: Lindoberto, Milton, Florindo, Oreco, Odorico e Salvador.
Agachados: Luizinho, Jerônimo, Bodinho, Mujica e Solis.
Fonte: 1909 em cores


07/12/1952 - Citadino 1952 - Internacional 5 x 1 Grêmio

CITADINO 1952 - INTERNACIONAL 5 X 1 GRÊMIO
Data: 07/12/1952
Local: Eucaliptos - Porto Alegre (RS)
Renda: Cr$ 136.960,00
Juiz: Oswaldo Rolla, auxiliado por Alfredo Belo e Fortunato Tonelli.
Gols: Jerônimo 6'/1 (I); Jerônimo 12'/1 (I); Olavo 42'/1 (G); Salvador 16'/2 (I); Bodinho 25'/2 (I); Luizinho 40'/2 (I).
INTERNACIONAL: Milton; Florindo e Oreco; Paulinho de Almeida, Salvador e Odorico; Luizinho, Jerônimo, Bodinho, Mugica e Canhotinho. Técnico: Teté.
GRÊMIO: Sérgio Moacir; Pipoca e Xisto; Orli, Olavo e Orlando; Dario, Tesourinha, Huguinho, Gita e Valdir. Técnico: Clarel.
Obs.: com este resultado, o Internacional se sagrou campeão municipal invicto.

Em pé: Oreco, Milton, Florindo, Paulinho de Almeida, Odorico e Salvador.
Agachados: Luizinho, Jerônimo, Bodinho, Mujica e Canhotinho.
Fonte: 1909 em cores

13/01/1952 - Campeonato Gaúcho 1951 - Triangular final - Internacional 6 x 3 Rio Grande

CAMPEONATO GAÚCHO 1951 - TRIANGULAR FINAL - INTERNACIONAL 6 X 3 RIO GRANDE
Data: 13/01/1952
Local: Eucaliptos - Porto Alegre (RS)
Renda: Cr$ 70.028,00
Juiz: Harry Hartless (ING)
Gols: Canhotinho 10’/1 (I); Adão 16’/1 (R); Solis 30’/1 (I); Nadir 43’/1 (R); Típio 9’/2 (R); Canhotinho 15’/2 (I); Mujica ?’/2 (I); Canhotinho ?’/2 (I); Huguinho ?’/2 (I).
INTERNACIONAL: Éverton; Florindo e Ilmo; Paulinho de Almeida, Salvador e Odorico; Canhotinho, Solis, Huguinho, Mujica e Nique. Técnico: Teté.
RIO GRANDE: Paulinho; Getúlio e Carruíra; Adeodato, Nadir e Ferro; Ramão, Adão, Ivo, Tilico e Típio.

Em pé: Ilmo, Paulinho de Almeida, Éverton, Odorico, Florindo e Salvador.
Agachados: Canhotinho, Solis, Huguinho, Mujica e Nique.
Fonte: 1909 em cores

18/01/1953 - Campeonato Gaúcho 1952 - Quadrangular final - Internacional 2 x 1 14 de Julho-LIV

CAMPEONATO GAÚCHO 1952 - QUADRANGULAR FINAL - INTERNACIONAL 2 X 1 14 DE JULHO-LIV
Data: 18/01/1953
Local: Timbaúva - Porto Alegre (RS)
Renda: Cr$ 36.110,00
Juiz: Oswaldo Rolla, auxiliado por Alfredo Belo e Homero Carvalho.
Gols: Toto 25’/1 (Q); Luizinho 26’/2 (I); Salvador 32’/2 (I).
INTERNACIONAL: Milton; Florindo e Oreco; Paulinho de Almeida, Salvador e Odorico; Luizinho, Jerônimo, Bodinho, Mujica e Camargo. Técnico: Teté.
14 DE JULHO-LIV: Ivo Winck; Céu e Milton; Cacho, Vilson e Barradinhas; Horácio, Joir, Bino, Carlinhos e Toto.Técnico: Ivo Winck.

Em pé: Oreco, Milton, Florindo, Paulinho de Almeida, Odorico e Salvador.
Agachados: Luizinho, Jerônimo, Bodinho, Mujica e Camargo.
Fonte: 1909 em cores


12/10/1952 - Citadino 1952 - 1º turno - Grêmio 0 x 0 Internacional

CITADINO 1952 - 1º TURNO - GRÊMIO 0 X 0 INTERNACIONAL
Data: 12/10/1952
Local: Baixada - Porto Alegre (RS)
Público: aprox. 10.000
Renda: Cr$ 117.540,00
Juiz: Oswaldo Rolla, auxiliado por Alfredo Belo e Guilherme Sroka.
GRÊMIO: Sérgio Moacir; Pipoca e Xisto; Orly, Sarará e Orlando; Tesourinha, Gita, Ferraz, Pedrinho e Waldir. Técnico: Otacílio dos Santos.
INTERNACIONAL: Milton; Florindo e Oreco; Paulinho de Almeida, Salvador e Odorico; Luizinho, Jerônimo, Bodinho, Camargo e Mujica. Técnico: Teté.

Em pé: Oreco, Milton, Florindo, Paulinho de Almeida, Odorico e Salvador.
Agachados: Luizinho, Camargo, Bodinho, Jerônimo e Mujica.
Fonte: 1909 em cores

19/08/1951 - Citadino 1951 - 1º turno - Internacional 2 x 0 Renner

CITADINO 1951 - 1º TURNO - INTERNACIONAL 2 X 0 RENNER
Data: 19/08/1951
Local: Eucaliptos - Porto Alegre (RS)
Renda: Cr$ 82.249,00
Juiz: Oswaldo Rolla
Gols: Huguinho e Paulinho de Almeida (I).
INTERNACIONAL: Éverton; Nena e Ilmo; Oreco, Salvador e Odorico; Paulinho de Almeida, Solis, Huguinho, Mujica e Canhotinho. Técnico: Teté.
RENNER: Valdir de Moraes; Gago e Ênio; Vado, Ivo Andrade e Moreira; Medina, Saladuro, Juarez, Segura e Sadi.Técnico: Selviro Rodrigues.

Em pé: Oreco, Éverton, Nena, Salvador, Odorico e Ilmo.
Agachados: Paulinho de Almeida, Solis, Huguinho, Mujica e Canhotinho.
Fonte: 1909 em cores

09/12/1951 - Campeonato Gaúcho 1951 - Triangular final - Internacional 2 x 2 Pelotas

CAMPEONATO GAÚCHO 1951 - TRIANGULAR FINAL - INTERNACIONAL 2 X 2 PELOTAS
Data: 09/12/1951
Local: Montanha - Porto Alegre (RS)
Renda: Cr$ 93.786,00
Juiz: Oswaldo Rolla, auxiliado por Júlio Petersen e Artur Vilarinho.
Gols: Huguinho 39’/1 (I); Aírton 26’/2 (P); Solis 29’/2 (I); Aírton 41’/2 (P).
INTERNACIONAL: Éverton; Florindo e Ilmo; Paulinho de Almeida, Salvador e Odorico; Solis, Jerônimo, Huguinho, Mujica e Nique. Técnico: Teté.
PELOTAS: Joãozinho; Wilson e Spilman; Nonô, Wenceslau e Neco; Bentinho, Ione, Pacheco, Aírton e Goldemir.

Em pé: Éverton, Ilmo, Florindo, Paulinho de Almeida, Odorico e Salvador.
Agachados: Solis, Jerônimo, Huguinho, Mujica e Nique.
Fonte: 1909 em cores
Jogadores de Internacional e Pelotas trocam cortesias
antes do embate que abriu o triangular final do Gauchão.
Fonte: Jornal do Dia

29/07/1951 - Amistoso - Uruguaiana 3 x 1 Internacional

AMISTOSO - URUGUAIANA 3 X 1 INTERNACIONAL
Data: 29/07/1951
Local: Felisberto Fagundes Filho - Uruguaiana (URU)
Renda: aprox. Cr$ 50.000,00
Juiz: Romeu Viola
Gols: Paye 31’/1 (U); Paulinho de Almeida 35’/1 (I); Ghizzoni 40’/1 (U); Miguez ?’/2 (U).
URUGUAIANA: Oberdan; Basílio e Xisto; Júlio (Samuel), Robales e Ubaldino; Correntino, Carbonilla, Ghizzoni, Paye e Miguez (Geadinha). Técnico: Alfeu Cachapuz Batista.
INTERNACIONAL: Éverton; Florindo e Ilmo; Odorico, Salvador e Ruarinho; Mujica, Paulinho de Almeida, Huguinho, Oreco e Carlitos. Técnico: Teté.

Em pé: Éverton, Florindo, Ruarinho, Ilmo, Salvador e Odorico.
Agachados: Mujica, Paulinho de Almeida, Huguinho, Oreco e Carlitos.
Fonte: 1909 em cores

Ilmo troca flâmulas com o time da fronteira.
Fonte: 1909 em cores

07/04/1951 - Amistoso - Flamengo 6 x 3 Internacional

AMISTOSO - FLAMENGO 6 X 3 INTERNACIONAL 
Data: 07/04/1951 
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ) 
Renda: Cr$ 143.415,00 
Juiz: Mário Viana, auxiliado por Carlos Monteiro e Gama Malcher. 
Gols: Hermes 13’/1 (F); Índio 21’/1 (F); Paulinho de Almeida 26’/1 (I); Nestor 29’/1 (F); Hermes 37’/1 (F); Huguinho 8’/2 (I); Huguinho, pênalti 11’/2 (I); Nestor 14’/2 (F); Adãozinho 25’/2 (F). 
FLAMENGO: Cláudio; Biguá (Juvenal) e Pavão; Bria, Dequinha (Walter) e Bigode; Nestor, Hermes, Adãozinho, Índio e Esquerdinha. Técnico: Flávio Costa. 
INTERNACIONAL: Éverton (Doia); Nena e Ilmo; Oreco, Salvador e Odorico; Herculano, Paulinho de Almeida (Huguinho), Mujica (Nique), Ênio Andrade e Canhotinho (Alberi). Técnico: Teté.

Em sua primeira partida no Maracanã, o Internacional liderado
por Carlitos é goleado por 6 a 3 pelo Flamengo.
Fonte: 1909 em cores