26/9/1999 - Campeonato Brasileiro 1999 - 1ª fase - Vasco 2 x 0 Internacional

CAMPEONATO BRASILEIRO 1999 - 1ª FASE - VASCO 2 X 0 INTERNACIONAL
Data: 26/9/1999
Local: São Januário - Rio de Janeiro (RJ)
Juiz: Luciano Augusto Almeida, auxiliado por Jorge Paulo Gomes e César Augusto Vaz Oliveira.
Cartões: Amaral (V); Celso e Ânderson Luiz (I).
Gols: Edmundo 5’/2 (V); Edmundo 12’/2 (V).
VASCO: Carlos Germano; Paulo Miranda, Odvan, Mauro Galvão e Gilberto; Amaral, Felipe (Nasa), Ramón Menezes (Alex Oliveira) e Juninho Pernambucano; Donizete Pantera e Edmundo. Técnico: Antônio Lopes.
INTERNACIONAL: João Gabriel; Lúcio, Régis e Márcio Dias; Enciso, Ânderson Luiz (Claiton), Dunga, Hurtado (Lúcio Flávio) e Elivélton; Ânderson Barbosa (Almir) e Celso. Técnico: Valmir Louruz.
Régis cola que nem carrapato em Ramón Menezes.
Fonte: Correio do Povo
Edmundo não deu colher de chá para o Inter.
Fonte: Jornal do Brasil
Juninho Pernambucano e Régis.
Fonte: Jornal do Brasil

18/10/1998 - Campeonato Brasileiro 1998 - 1ª fase - Internacional 1 x 0 Vasco


CAMPEONATO BRASILEIRO 1998 - 1ª FASE - INTERNACIONAL 1 X 0 VASCO
Data: 18/10/1998
Local: Beira-Rio - Porto Alegre (RS)
Público: 19.405
Renda: R$ 125.949,00
Juiz: Edílson Pereira de Carvalho, auxiliado por Arthur Alves e Rogério Carlos Rolim.
Cartões: Marcão, Celso Vieira, Régis (I); Odvan, Alex Pinho, Luizão e Flavinho (V).
Expulsões: Ânderson Luiz (I); Flavinho.
Gol: Christian, pênalti 34’/1 (I).
INTERNACIONAL: André; Denílson, Marcão (Espínola), Régis e Celso Vieira; Ânderson Luiz, Reginaldo, Claiton e Marcelo Rosa (Enciso); Betinho (Paulo Diniz) e Christian. Técnico: Cassiá.
VASCO: Márcio Cazorla; Felipe Alvim (Fabrício), Odvan, Alex Pinho e Flavinho; Luisinho (Ronaldo Luiz), Válber, Juninho Pernambucano e Ramón Menezes; Donizete e Luizão (Fabrício Carvalho). Técnico: Antônio Lopes.

Christian chega, para desespero do goleiro Márcio Cazorla.
Fonte: Correio do Povo

2/10/1996 - Campeonato Brasileiro 1996 - 1ª fase - Internacional 4 x 1 Vasco

CAMPEONATO BRASILEIRO 1996 - 1ª FASE - INTERNACIONAL 4 X 1 VASCO
Data: 2/10/1996
Local: Ressacada - Florianópolis (SC)
Juiz: Antônio Pereira da Silva
Cartões: Cleomir e Enciso (I).
Expulsões: Tonhão, Luiz Gustavo (I); Alê (V).
Gols: Leandro Machado 5’/1 (I); Luiz Gustavo 23’/1 (I); Ramón Menezes 14’/2 (V); Yan 19’/2 (I); Murilo 38’/2 (I).
INTERNACIONAL: André; César Prates (Vinícius), Tonhão, Gamarra e Cleomir; Enciso, Fernando, Luiz Gustavo e Yan (Ânderson Luiz); Fabinho e Leandro Machado. Técnico: Figueroa.
VASCO: Carlos Germano; Pimentel, Alê, João Luís e Cássio; Luisinho, Nélson, Juninho Pernambucano (Rogério Pinheiro) e Ranieli; Macedo e Toninho (Brener). Técnico: Alcir Portela.
Obs.: o Internacional perdeu o mando de campo por punição, devido ao fato de torcedores terem atirado pedras no gramado durante o jogo contra o Grêmio.

13/09/1995 - Campeonato Brasileiro 1995 - 1º turno - Vasco 0 x 2 Internacional

CAMPEONATO BRASILEIRO 1995 - 1º TURNO - VASCO 0 X 2 INTERNACIONAL
Data: 13/09/1995
Local: São Januário - Rio de Janeiro (RJ)
Público: 5.358 pagantes.
Renda: R$ 55.855,00
Juiz: Oscar Roberto de Godói
Cartões: Pimentel, Tinho, Jéfferson, Charles Guerreiro, Juninho Pernambucano (V); Jonílson, Ricardo Costa e Ânderson Luiz (I).
Gols: Caíco 31’/2 (I); Leandro Machado 38’/2 (I).
VASCO: Carlos Germano; Pimentel, Ricardo Rocha, Tinho e Jéfferson; Charles Guerreiro, Nélson (Geovani), Juninho Pernambucano e Yan (Brener); Valdir Bigode e Leonardo. Técnico: Jair Pereira.
INTERNACIONAL: Goycochea; Ronaldo, Argel, Jonílson (Ricardo Costa) e Branco; Élson, Ânderson Luiz, Caíco e Válber (Aílton); Mazinho Loyola (Zé Alcino) e Leandro Machado. Técnico: Abel Braga.

Canal: hilhotta

10/5/1992 - Campeonato Brasileiro 1992 - 1ª fase - Vasco 2 x 0 Internacional

CAMPEONATO BRASILEIRO 1992 - 1ª FASE - VASCO 2 X 0 INTERNACIONAL
Data: 10/5/1992
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Público: 13.251 pagantes.
Renda: Cr$ 63.768.000,00
Juiz: Márcio Rezende de Freitas, auxiliado por Carlos Luz Vicente e Marcos Martins.
Cartões: Régis, Flávio Campos (V); Canhoto e Lima (I).
Gols: Bebeto 13’/2 (V); Bismarck 23’/2 (V).
VASCO: Régis; Dedé (Cássio), Tinho, Alexandre Torres (Sidnei) e Eduardo; Flávio Campos, Bismarck, Luisinho e William; Edmundo e Bebeto. Técnico: Nelsinho Rosa.
INTERNACIONAL: Gato Fernandez; Jairo, Célio Silva, Nórton e Canhoto; Élson, Marquinhos e Luiz Fernando Gomes (Leco); Lima, Gérson e Zinho. Técnico: Antônio Lopes.

Bismarck faz o segundo gol vascaíno.
Fonte: Jornal do Brasil
Bismarck escapa da marcação de Nórton.
Fonte: Jornal dos Sports

10/12/1989 - Campeonato Brasileiro 1989 - 2º turno - Internacional 0 x 2 Vasco


CAMPEONATO BRASILEIRO 1989 - 2º TURNO - INTERNACIONAL 0 X 2 VASCO
Data: 10/12/1989
Local: Beira-Rio - Porto Alegre (RS)
Público: 4.938
Renda: NCz$ 57.578,00
Juiz: Manoel Serapião, auxiliado por Cláudio Falcão Seixas e Manoel Lima Matos.
Gols: Bebeto 15’/2 (V); Bebeto 25’/2 (V).
INTERNACIONAL: Ademir Maria; Chiquinho, Nórton, Maurício Peres e Casemiro; Norberto, Bonamigo e Marquinhos (João Carlos); Luvanor, Zé Carlos e Nélson Bertollazzi. Técnico: Carbone.
VASCO: Acácio; Luís Carlos Winck, Marco Aurélio, Quiñonez e Mazinho; Zé do Carmo, Boiadeiro e Bismarck; Bebeto (Vivinho), Sorato e Tato (William). Técnico: Nelsinho Rosa.

Na qualidade e na raça, Bebeto superou Ademir Maria duas vezes.
Fonte: Jornal dos Sports

9/10/1988 - Campeonato Brasileiro 1988 - 1º turno - Vasco 1 x 2 Internacional

CAMPEONATO BRASILEIRO 1988 - 1º TURNO - VASCO 1 X 2 INTERNACIONAL
Data: 9/10/1988
Local: São Januário - Rio de Janeiro (RJ)
Público: 13.921
Renda: Cr$ 8.899.200,00
Juiz: Romualdo Arppi Filho, auxiliado por Edvaldo da Silva e Mário Ireijo.
Cartões: Paulo Roberto Costa, Zé do Carmo (V); Casemiro e Edu Lima (I).
Gols: Nílson 2’/2 (I); Geovani 26’/2 (V); Edu Lima, pênalti 36’/2 (I).
VASCO: Acácio; Paulo Roberto Costa, Célio Silva, Leonardo e Mazinho; Geovani, Zé do Carmo e Bismarck; William (Sorato), Roberto Dinamite e Vivinho. Técnico: Zanata.
INTERNACIONAL: Ademir Maria; Luís Carlos Winck, Nenê, Aguirregaray e Casemiro; Norberto, Luís Carlos Martins e Luís Fernando Flores; Maurício, Nílson e Edu Lima. Técnico: Abel Braga.

Geovani marcou o gol de empate vascaíno.
Fonte: Jornal dos Sports
Edu Lima disputa com Geovani. O colorado levou a melhor.
Fonte: Placar

1/11/1987 - Campeonato Brasileiro 1987 - 2ª fase - Vasco 1 x 0 Internacional

CAMPEONATO BRASILEIRO 1987 - 2ª FASE - VASCO 1 X 0 INTERNACIONAL
Data: 1/11/1987
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Público: 6.366
Renda: Cz$ 571.540,00
Juiz: Nei Andrade Nunesmaia, auxiliado por Osvaldo Bonfim e William Lima.
Cartões: Paulo Roberto Costa, Humberto (V); Paulo Matos (I).
Expulsão: Aloísio (I).
Gol: Aírton Caixão, contra 4’/2 (V).
VASCO: Acácio; Paulo Roberto Costa, Donato, Morôni e Mazinho; Humberto, Geovani e Osvaldo (William); Mauricinho, Roberto Dinamite e Romário. Técnico: Sebastião Lazaroni.
INTERNACIONAL: Taffarel; Luís Carlos Winck, Aloísio, Nenê e Paulinho Wissmann; Norberto, Aírton Caixão (Laércio) e Balalo; Paulinho Gaúcho, Amarildo e Paulo Matos (Hêider). Técnico: Ênio Andrade.

A marcação de Morôni foi implacável.
Fonte: Jornal dos Sports
Com tranquilidade, Mazinho recua para Acácio.
Fonte: Jornal dos Sports
Paulo Roberto Costa marca com firmeza Paulo Matos.
Fonte: Jornal do Brasil
A técnica de Romário, a raça de Luís Carlos Winck
e a atenção de Taffarel.
Fonte: Placar
O reencontro de dois campeões: Ênio Andrade e Paulo Roberto Costa.
Fonte: Placar


23/11/1986 - Campeonato Brasileiro 1986 - 2ª fase - Vasco 2 x 3 Internacional

CAMPEONATO BRASILEIRO 1986 - 2ª FASE - VASCO 2 X 3 INTERNACIONAL
Data: 23/11/1986
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Público: 17.754
Renda: Cz$ 507.630,00
Juiz: Nei Andrade Nunesmaia
Cartões: Pedrinho, Vivinho (V); Carlos Alberto e Pinga (I);
Gols: Luís Fernando Flores 34’/1 (I); Tita 3’/2 (I); Luís Fernando Flores 18’/2 (I); Geovani 39’/2 (V); Romário 41’/2 (V).
VASCO: Paulo Sérgio; Paulo Roberto Costa, Juninho, Fernando e Pedrinho; Donato, Mazinho e Geovani; Gersinho (Vivinho), Romário e Zé Sérgio (Claudinho). Técnico: Joel Santana.
INTERNACIONAL: Carlos Alberto; Luís Carlos Winck, Pinga, Aloísio e Paulo César Magalhães; Norberto, Tita e Aírton Caixão; Sarabá (Nórton), Amarildo (Robertinho) e Luís Fernando Flores. Técnico: Homero Cavalheiro.

Aírton Caixão no combate com Geovani, que não teve grande sorte.
Fonte: Placar
Tita foi o maestro colorado na vitória colorada.
Fonte: Placar

19/11/1986 - Campeonato Brasileiro 1986 - 2ª fase - Internacional 0 x 1 Vasco

CAMPEONATO BRASILEIRO 1986 - 2ª FASE - INTERNACIONAL 0 X 1 VASCO
Data: 19/11/1986
Local: Beira-Rio - Porto Alegre (RS)
Público: 10.071
Renda: Cz$ 217.207,00
Juiz: Manuel Amaro de Lima
Cartões: Paulo César Magalhães, Robertinho (I); Donato, Vitor e Fernando (V).
Expulsão: Acácio (V).
Gol: Geovani 3’/2 (V).
INTERNACIONAL: Carlos Alberto; Luís Carlos Winck, Pinga, Norberto e Paulo César Magalhães (Capanema); Aírton Caixão, Luís Fernando Flores e Tita; Robertinho, Sabará (Amarildo) e Balalo. Técnico: Homero Cavalheiro.
VASCO: Acácio; Paulo Roberto Costa, Sousa, Fernando e Lira; Donato, Vitor e Mazinho; Geovani (Paulo Sérgio), Romário e Santos. Técnico: Joel Santana.

Geovani marca o gol da vitória vascaína no Beira-Rio.
Fonte: Placar
O goleiro Carlos Alberto salta aos pés do jovem Romário.
Fonte: Jornal do Brasil

14/7/1985 - Campeonato Brasileiro 1985 - 2ª fase - Internacional 2 x 2 Vasco

CAMPEONATO BRASILEIRO 1985 - 2ª FASE - INTERNACIONAL 2 X 2 VASCO
Data: 14/7/1985
Local: Beira-Rio - Porto Alegre (RS)
Público: 33.268
Renda: Cr$ 231.889.000,00
Juiz: José de Assis Aragão, auxiliado por Antônio Fonseca Ribeiro e Sebastião Soledade.
Cartões: Ademir Alcântara, André Luís, Paulo Santos (I); Luís Carlos e Nenê (V).
Expulsões: Luís Carlos Winck (I); Cláudio José (V).
Gols: Mário Tilico 6’/1 (V); Mauro Galvão 28’/2 (I); Silvinho Paiva 35’/2 (I); Roberto Dinamite 38’/2 (V).
INTERNACIONAL: Mano; Luís Carlos Winck, Aloísio, Mauro Galvão e André Luís; Ademir Kaefer, Ademir Alcântara e Rubén Paz; Paulo Santos, Kita (Marcelo Vita) e Silvinho Paiva. Técnico: Otacílio Gonçalves.
VASCO: Roberto Costa; Edevaldo, Ivã, Nenê e Donato; Vitor, Oliveira e Luís Carlos (Gilberto); Mário Tilico (Romário), Roberto Dinamite e Cláudio José. Técnico: Antônio Lopes.

Rubén Paz foi muito bem marcado por Oliveira.
Fonte: Placar

7/7/1985 - Campeonato Brasileiro 1985 - 2ª fase - Vasco 1 x 1 Internacional

CAMPEONATO BRASILEIRO 1985 - 2ª FASE - VASCO 1 X 1 INTERNACIONAL
Data: 7/7/1985
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Público: 23.378
Renda: Cr$ 191.322.000,00
Juiz: Romualdo Arppi Filho, auxiliado por Osvaldo dos Santos Ramos e Sérgio Bertagnoli.
Cartões: Mílton (V); André Luís, Luís Carlos Winck, Ademir Kaefer (I).
Gols: Geovani 42’/1 (V); Ademir Kaefer 2’/2 (I).
VASCO: Acácio; Mílton, Donato, Nenê e Aírton; Vitor (Oliveira), Luís Carlos e Geovani; Mauricinho, Roberto Dinamite e Cláudio José (Rômulo). Técnico: Antônio Lopes.
INTERNACIONAL: Mano; Luís Carlos Winck, Aloísio, Mauro Galvão e André Luís; Ademir Kaefer, Ademir Alcântara e Rubén Paz; Paulo Santos, Kita e Helinho. Técnico: Otacílio Gonçalves.

Roberto Dinamite, que tanto foi carrasco, pouco fez.
Fonte: Placar
Geovani arremata e abre o placar.
Fonte: Jornal dos Spots
O centroavante Kita desperdiça grande oportunidade.
Fonte: Jornal dos Sports

12/12/1982 - Amistoso - Vasco 1 x 3 Internacional

AMISTOSO - VASCO 1 X 3 INTERNACIONAL
Data: 12/12/1982
Local: São Januário - Rio de Janeiro (RJ)
Público: 8.127 pagantes.
Renda: Cr$ 8.127.000,00
Juiz: Luís Carlos Félix
Gols: Roberto Dinamite 17’/1 (V); Sílvio Hickmann 26’/2 (I); Geraldão 30’/2 (I); Paulo César Maringá 35’/2 (I).
VASCO: Acácio (Mazarópi); Galvão (Rosemiro), Ivã, Celso (Nei) e Pedrinho; Serginho, Dudu (Marquinho) e Ernâni (Gilberto); Pedrinho Gaúcho (Geovani), Roberto Dinamite e Jérson. Técnico: Antônio Lopes.
INTERNACIONAL: Benítez; Edevaldo, Mauro Pastor, Mauro Galvão e André Luís (Silva); Ademir Kaefer, Cléo Hickmann (Andrezinho) e Rubén Paz; Sílvio Hickmann (Paulo César Maringá), Geraldão (Roberto) e Silvinho. Técnico: Antônio Lopes.

Cléo Hickmann entrega a faixa de campeão carioca a Dudu.
Fonte: Jornal do Brasil
Ernâni e Mauro Galvão: duelo da juventude.
Fonte: Jornal dos Sports
Marquinho é perseguido por Sílvio Hickmann.
Fonte: Jornal dos Sports
Geraldão se antecipa a Mazarópi e marca o gol da virada.
Fonte: Jornal do Brasil

9/12/1982 - Amistoso - Internacional 1 x 1 Vasco

AMISTOSO - INTERNACIONAL 1 X 1 VASCO
Data: 9/12/1982
Local: Beira-Rio - Porto Alegre (RS)
Renda: Cr$ 2.712.100,00
Juiz: Sílvio Oliveira, auxiliado por José Mocelin e Luís Martins.
Gols: Rubén Paz 35’/1 (I); Edevaldo, contra 37’/2 (V).
Cartões: Mazarópi e Ernâni (V).
INTERNACIONAL: Benítez (Gilmar Rinaldi); Edevaldo, Mauro Pastor, Mauro Galvão e André Luís; Ademir Kaefer, Rubén Paz (Andrezinho) e Cléo Hickmann; Sílvio Hickmann, Geraldão (Roberto) e Silvinho Paiva. Técnico: Ernesto Guedes.
VASCO: Acácio (Mazarópi); Rosemiro (Gilberto), Ivã, Celso e Pedrinho; Serginho, Dudu (Geovani) e Ernâni; Pedrinho Gaúcho (Palhinha), Roberto Dinamite e Jérson (Marquinho). Técnico: Antônio Lopes.


Adrmie Kaefer domina a bola entre Serginho e Ivã.
Fonte: Jornal dos Sports

20/4/1980 - Libertadores 1980 - 1ª fase - Internacional 2 x 1 Vasco

LIBERTADORES 1980 - 1ª FASE - INTERNACIONAL 2 X 1 VASCO
Data: 20/4/1980
Local: Beira-Rio - Porto Alegre (RS)
Público: 40.000 pagantes.
Renda: Cr$ 3.733.650,00
Juiz: Romualdo Arppi Filho, auxiliado por José Roberto Wright e Sebastião Rufino.
Cartões: Cláudio Mineiro (I); Guina (V).
Gols: Jair 4’/2 (I); Cléo Hickmann 23’/2 (I); Jorge Mendonça 38’/2 (V).
INTERNACIONAL: Gasperin; João Carlos, Mauro Pastor, Mauro Galvão e Cláudio Mineiro; Falcão, Batista e Cléo Hickmann; Jair, Bira (Adílson Miranda) e Mário Sérgio. Técnico: Ênio Andrade.
VASCO: Mazarópi; Orlando, Juan, Ivã e Marco Antônio; Paulo Roberto, Dudu e Guina; Catinha (Paulinho), Peribaldo (Jorge Mendonça) e Wilsinho. Técnico: Orlando Fantoni.

23/3/1980 - Libertadores 1980 - 1ª fase - Vasco 0 x 0 Internacional

LIBERTADORES 1980 - 1ª FASE - VASCO 0 X 0 INTERNACIONAL
Data: 23/3/1980
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Público: 53.408 pagantes.
Renda: Cr$ 4.955.440,00
Juiz: Arnaldo Cézar Coelho, auxiliado por Oscar Scolfaro e Sebastião Rufino.
Cartões: Wilsinho (V); Batista, Falcão e Cláudio Mineiro (I).
VASCO: Leão; Paulinho Pereira, Orlando, Ivã e Marco Antônio; Zé Mário (Paulo Roberto), Guina e Pintinho; Wilsinho, Jorge Mendonça e Paulinho (Catinha). Técnico: Orlando Fantoni.
INTERNACIONAL: Gasperin; João Carlos, Mauro Pastor, Mauro Galvão e Cláudio Mineiro; Batista, Falcão e Jair; Adavílson (Toninho Oliveira), Bira (Adílson Miranda) e Mário Sérgio. Técnico: Ênio Andrade.

Falcão duela com Orlando.
Fonte: Jornal dos Sports
Gainete se assusta com a cabeçada de Jorge Mendonça.
Fonte: Jornal dos Sports
Primeiro confronto entre Internacional e Vasco
em Libertadores: 0 a 0, com Jair perdendo pênalti.
Fonte: Jornal dos Sports

4/4/1979 - Amistoso - Internacional 2 x 2 Vasco

AMISTOSO - INTERNACIONAL 2 X 3 VASCO
Data: 4/4/1979
Local: Beira-Rio - Porto Alegre (RS)
Renda: Cr$ 292.795,00
Gols: Jair 5'/1 (I); Roberto Dinamite 34'/1 (V); Beliato, contra 9'/2 (V); Carlos Alberto Garcia 15'/2 (V); Mário Motta 37'/2 (I).
INTERNACIONAL: Benítez; Hermes, Beliato, André Luís e Dionísio; Caçapava, Falcão (Adílson Miranda) e Jair (Chico Spina); Valdomiro, Claudiomiro (Mário Motta) e Tonho Gil. Técnico: Cláudio Duarte.
VASCO: Leão; Paulinho Pereira, Abel Braga (Gaúcho), Geraldo e Marco Antônio; Helinho, Toninho Vanusa e Guina; Carlos Alberto Garcia, Roberto Dinamite e Osnir (Ramon). Técnico: Carlos Froner.

29/8/1978 - Amistoso - Vasco 3 x 0 Internacional

AMISTOSO - VASCO 3 X 0 INTERNACIONAL
Data: 29/8/1978
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Renda: Cr$ 218.275,00
Juiz: José Aldo Pereira, auxiliado por Júlio César Cosenza e Durvalino Peres.
Expulsões: Wilsinho (V); Tonho Gil (I).
Gols: Paulo Roberto 16’/1 (V); Paulinho 30’/1 (V); Paulo Roberto 42’/2 (V).
VASCO: Mazarópi; Orlando (Paulo César), Abel Braga (Fernando), Gaúcho e Marco Antônio; Helinho, Guina e Paulo Roberto; Wilson, Paulinho (Valdo) e Dirceu. Técnico: Orlando Fantoni.
INTERNACIONAL: Gasperin (Bagatini); João Carlos, Paulo Marcos, André Luís e Jorge Tabajara (Lúcio); Caçapava (Cléo Hickmann), Jair e Tonho Gil; Mica (Luís Fernando Gaúcho), Bil e Peri (Anchieta). Técnico: Cláudio Duarte.
Obs.: a renda da partida foi destinada à reforma do Museu de Arte Moderna, destruído por um incêndio.


Ataque colorado beirou a inoperância.
Fonte: Jornal dos Sports
O Vasco amassou o Internacional.
Fonte: Jornal dos Sports

28/7/1974 - Campeonato Brasileiro 1974 - 3ª fase - Vasco 2 x 2 Internacional

CAMPEONATO BRASILEIRO 1974 - 3ª FASE - VASCO 2 X 2 INTERNACIONAL
Data: 28/7/1974
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Público: 118.777
Renda: Cr$ 1.496.123,00
Juiz: Manoel Amaro de Lima, auxiliado por Bráulio Zanoto e Armindo Tavares.
Gols: Roberto Dinamite 4’/1 (V); Zanata 22’/1 (V); Lula 20’/2 (I); Escurinho 32’/2 (I).
VASCO: Andrada; Paulo César, Joel (Moisés), Miguel e Fidélis; Alcir, Zanata e Jorginho Carvoeiro; Ademir, Roberto Dinamite e Luís Carlos. Técnico: Mário Travaglini.
INTERNACIONAL: Manga, Cláudio Duarte, Figueroa, Pontes e Vacaria; Falcão e Paulo César Carpegiani; Valdomiro, Claudiomiro, Dorinho (Escurinho) e Lula. Técnico: Rubens Minelli.

Luís Carlos seguido de perto por Figueroa e Falcão.
Fonte: Placar 
Roberto Dinamite e Figueroa: duelo de raça.
Fonte: Placar

16/6/1974 - Campeonato Brasileiro 1974 - 1ª fase - Vasco 3 x 1 Internacional

CAMPEONATO BRASILEIRO 1974 - 1ª FASE - VASCO 3 X 1 INTERNACIONAL
Data: 13/6/1974
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Público: 9.960 pagantes.
Renda: Cr$ 79.892,50
Juiz: Emídio Marques Mesquita, auxiliado por Válter Gino e Mário Rui de Souza.
Gols: Roberto Dinamite 26’/1 (V); Roberto Dinamite 43’/1 (V); Roberto Dinamite 12’/1 (V); Escurinho 20’/2 (I).
VASCO: Andrada; Fidélis, Joel, Miguel e Alfinete; Gaúcho, Zanata e Fred (Ademir); Jorginho Carvoeiro (Bill), Roberto Dinamite e Jaílson. Técnico: Mário Travaglini.
INTERNACIONAL: Rafael; Cláudio Duarte, Cedenir, Pontes e Édson Madureira; Tovar, Falcão e Dorinho; João Ribeiro (Sérgio Lima), Escurinho e Lula. Técnico: Rubens Minelli.

17/1/1974 - Campeonato Brasileiro 1973 - 2ª fase - Vasco 1 x 2 Internacional

CAMPEONATO BRASILEIRO 1973 - 2ª FASE - VASCO 1 X 2 INTERNACIONAL
Data: 17/1/1974
Local: Maracanã - Rio de Janeiro (RJ)
Público: 15.357 pagantes.
Renda: Cr$ 124.959,00
Juiz: Emídio Marques Mesquita, auxiliado por Roberto Nunes Morgado e Juan de La Pasión Artez (ESP).
Cartões: Buglê (V); Rafael (I).
Gols: Alfinete, contra 10’/1 (I); Luís Carlos 36’/1 (V); Claudiomiro 42’/2 (I).
VASCO: Andrada; Fidélis, Miguel, Moisés e Alfinete; Alcir Portela, Zanata e Buglê; Jorginho Carvoeiro, Roberto Dinamite e Luís Carlos. Técnico: Mário Travaglini.
INTERNACIONAL: Rafael, Cláudio Duarte, Figueroa, Pontes e Vacaria; Falcão, Paulo César Carpegiani e Dorinho; Valdomiro, Claudiomiro e João Ribeiro. Técnico: Rubens Minelli.

A bola desvia em Alfinete e mata o goleiro Andrada.
Fonte: Jornal dos Sports
Buglê vigia de perto Claudiomiro.
Fonte: Jornal dos Sports

23/9/1972 - Campeonato Brasileiro 1972 - 1ª fase - Vasco 1 x 2 Internacional

CAMPEONATO BRASILEIRO 1972 -  1ª FASE - VASCO 1 X 2 INTERNACIONAL
Data: 23/9/1972
Local: São Januário - Rio de Janeiro (RJ)
Público: 15.833
Renda: Cr$ 144.440,00
Juiz: Oscar Scolfaro, auxiliado por Climaco Tavares e José Silveira.
Expulsões: Moisés (V); Carbone (I).
Gols: Cláudio Duarte 2’/1 (I); Jorginho Carvoeiro 18’/1 (V); Valdomiro 34’/2 (I).
VASCO: Andrada; Fidélis, Moisés, Joel e Alfinete; Alcir Portela, Pastoril (Renê), Buglê e Tostão; Jorginho Carvoeiro e Roberto Dinamite. Técnico: Mário Travaglini.
INTERNACIONAL: Schneider; Cláudio Duarte, Figueroa, Pontes e Jorge Andrade; Carbone, Paulo César Carpegiani, Braúlio (Tovar) e Escurinho; Claudiomiro e Valdomiro. Técnico: Dino Sani.


Pontes bufando no cangote de Buglê.
Fonte: Jornal dos Sports

1/12/1971 - Campeonato Brasileiro 1971 - 2ª fase - Internacional 3 x 0 Vasco

CAMPEONATO BRASILEIRO 1971 - 2ª FASE - INTERNACIONAL 3 X 0 VASCO
Data: 1/12/1971
Local: Beira-Rio - Porto Alegre (RS)
Renda: Cr$ 66.710,00
Juiz: Arnaldo Cézar Coelho, auxiliado por Almir Laguna e Célio Silva.
Gols: Miguel, contra 24'/1 (I); Claudiomiro 33’/1 (I); Árlem 28’/2 (I).
INTERNACIONAL: Schneider; Cláudio Duarte, Figueroa, Pontes e Édson Scott; Carbone, Braúlio e Paulo César Carpegiani (Tovar); Árlem, Claudiomiro (Marciano) e Valdomiro. Técnico: Dino Sani.
VASCO: Andrada; Fidélis, Miguel, Renê e Alfinete; Alcir Portela, Buglê, Benetti (Afonsinho) e Luís Carlos; Gílson Nunes (Roberto Dinamite) e Ferreti. Técnico: Admildo Chirol.