Campeonato Brasileiro 2018 - 2º turno - Chapecoense 2 x 1 Internacional | Opinião

Jandrei relembrou o saudoso goleiro Danilo
e pegou o pênalti batido por Leandro Damião.
Foto: Superesportes MG

Assim como nem tudo está bem ganhando, nessa derrota precisamos ter frieza ao analisarmos o Internacional. Alguns jogadores não rendem bem há rodadas seguidas (Zeca e Iago especialmente), um não tem condições de fardar no time profissional (Jonathan Alvez), mas no geral perdemos porque como costumeiramente fazemos, encaramos times menores como aquela lição de casa chata de fazer quando podíamos estar jogando videogame ou qualquer outra coisa interessante.
O Internacional não perderá esse título por confrontos diretos com o G6 mas corre o sério risco de fazê-lo se achar que jogo contra Z4 é jogo jogado. Guardiola cancelou a folga de domingo do Manchester City depois do time ter vencido por três a zero. Imagina o que faria vendo hoje o Inter ser dominado pela Chapecoense mais fraca que eu já vi. E nem mesmo a teoria da perseguição merece ser invocada: o pênalti de Cuesta foi correto e o de Damião ainda mais. Agora, é Corinthians fora de casa enquanto o São Paulo pega o América (e eu torço pra que ele esteja em dia de Inter).

Texto de Flávio Richter.

CAMPEONATO BRASILEIRO 2018 - 2º TURNO - CHAPECOENSE 2 X 1 INTERNACIONAL
Data: 17/9/2018
Local: Arena Condá - Chapecó (SC)
Juiz: Wagner do Nascimento Magalhães, auxiliado por Luiz Claudio Regazone e Carlos Henrique de Lima e Filho.
Cartões: Doffo, Rafael Thyere (C); Patrick, Víctor Cuesta e Gabriel Dias.
Expulsão: Víctor Cuesta (I).
Gols: Nico López 25'/1 (I); Leandro Pereira 37'/1 (C); Leandro Pereira 36'/2 (C).
CHAPECOENSE: Jandrei; Eduardo (Barreto), Rafael Thyere, Nery Bareiro e Bruno Pacheco; Elicarlos, Marcio Araújo, Diego Torres (Yann) e Doffo; Victor Andrade (Bruno Silva) e Leandro Pereira. Técnico: Guto Ferreira.
INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Zeca, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago; Gabriel Dias, Patrick, Edenílson, William Pottker (Camilo) e Nico López (D'alessandro); Jonatan Alvez (Leandro Damião). Técnico: Odair Hellmann.

Postar um comentário