14/2/1978 - Torneio Viña del Mar - Everton-CHI 0 x 1 Internacional

TORNEIO VIÑA DEL MAR 1978 - EVERTON-CHI 0 X 1 INTERNACIONAL
Data: 14/2/1978
Local: Sausalito - Viña del Mar (CHI)
Renda: US$ 16.000,00
Juiz: Juan Silvagno (CHI)
Expulsões: Luizinho Lemos, Gasperin e Beliato (I).
Gol: Luizinho Lemos 6’/1 (I).
INTERNACIONALGasperin (Schneider); Lúcio, Carlão, Beliato e Dionísio; Batista, Jair e Vasconcelos; Valdomiro, Luizinho Lemos e Santos. Técnico: Carlos Gainete Filho.
Obs¹.: entrou no time Alcione.
Obs².: apesar do juiz, o Internacional conseguiu ser campeão, mesmo com três jogadores expulsos e a pressão dos carabineiros, da temida polícia do Chile, então governado pelo ditador Augusto Pinochet. O goleiro Gasperin defendeu um pênalti na segunda etapa. A equipe colorada teve que se segurar com oito jogadores com impressionantes 11 minutos de acréscimo.

Um comentário :

  1. Terça-feira, 14/02/1978 - Copa Viva Viña (Viña del Mar)
    C.D. Everton (Viña del Mar-CHL) 0x1 Inter
    Estádio Sausalito (Viña del Mar-CHL) - Renda: US$ 16.000,00
    Juiz: Juan Silvano (CHL).
    EVE: ?
    SCI: Gasperín (Schneider); Lúcio, Carlão, Belliato e Dionísio; Batista, Jair e Vasconcelos; Valdomiro, Luizinho Tombo e Santos. T: Carlos Gainete Filho. Entrou no time: Alcione.
    Gol: Luizinho Tombo 5/1.
    CV: Luizinho Tombo, Gasperín e Belliato.
    Obs.: apesar do juiz, o Internacional conseguiu ser campeão, mesmo com três jogadores expulsos e a pressão dos carabineiros, a temida polícia do Chile, então governado pelo ditador Augusto Pinochet. O goleiro Gasperín defendeu um pênalti na segunda etapa. A equipe colorada teve que se segurar com oito jogadores com impressionantes 11 minutos de acréscimo.

    ResponderExcluir