Pós-jogo - Cruzeiro 4 x 2 Internacional (Campeonato Brasileiro 2016 - 1º turno)

O FIM ESTÁ PRÓXIMO!
Rafael Sobis; Cruzeiro (Foto: Pedro Vilela/Light Press)
Sobis liquidou o Internacional na noite de ontem.
Foto: Globo Esporte
Calma, colorado. O Inter jamais se acabará. A paciência, bom... Essa já acabou faz tempo. O drama, já não sabemos. O que está para acabar é a gestão Píffero (chega logo, dezembro!). A cada derrota, o presidente se mostra cego em todas as coletivas. Finge que não vê o que acontece e busca tapar o sol com a peneira. O mesmo podemos dizer do nosso querido Falcão: um excelente teórico, porém, PRECISAMOS DE RESULTADOS COM URGÊNCIA.

O Internacional está perto da UTI do futebol brasileiro, no lugar onde não deveria estar. A quase goleada de ontem mostrou o que muitos vêem, a diretoria segue jogando para debaixo do tapete, mas Seijas deixou evidente após a partida: ESTAMOS, SIM, LUTANDO CONTRA O REBAIXAMENTO. Essa é a nossa missão para 2016. É vergonhoso, lógico. Mas é a nossa realidade.

O curioso nisso tudo é um jogador recém chegado deixar muito claro o propósito do time, sendo que temos jogadores com mais tempo de casa que dão uma de joão-sem-braço frente à nossa situação. Aliás, os únicos jogadores que têm mostrado culhão são Seijas, Ariel e Alex. Há algo muito grave acontecendo dentro do vestiário colorado há um bom tempo...

Não criarei especulações, mas deixo registrada a minha indignação com esse grupo, que tem muita qualidade, mas que não toma vergonha na cara. E a essa direção PÍFIA: vocês estão brincando com o sentimento de uma NAÇÃO.

Fica a saudação é referente ao gigante Rafael Sobis. Fez seu trabalho dentro de campo, meteu três gols no ex-clube e mostrou total respeito e amor ao Internacional, quando declarou ser seu clube do coração. Mais do que isso: comemorou os gols justamente. Vamos parar com esse papo de "não comemorar por respeito"... Foi uma "vingança" digna pela hostilidade da torcida ano passado.

CAMPEONATO BRASILEIRO 2016 - 1º TURNO - CRUZEIRO 4 X 2 INTERNACIONAL
Data: 4/8/2016
Local: Independência - Belo Horizonte (MG)
Juiz: Raphael Claus, auxiliado por Danilo Ricardo Simon Manis e Rogério Pablos Zanardos.
Cartões: Fábio (C); Alex (I).
Gols: Seijas 2'/1 (I); Rafael Sobis 13'/1 (C); Ábila 16'/1 (C); Rafael Sobis 40'/1 (C); Rafael Sobis 7'/2 (C); Alex, pênalti 27'/2 (I).
CRUZEIRO: Fábio; Lucas, Bruno Rodrigo, Manoel e Edimar; Ariel Cabral, Bruno Ramires, Robinho (Rafinha) e Arrascaeta; Ábila (Marcos Vinícius) e Rafael Sobis (Douglas Coutinho). Técnico: Mano Menezes.
INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Paulo Cezar Magalhães; Alan Costa, Ernando e Artur; Fernando Bob, Fabinho, Seijas (Ariel) e Ânderson (Marquinhos); Valdívia (Alex) e Nico López. Técnico: Falcão.